Semana da Moda está 100% virtual em vários países por consequência da pandemia

Na Semana da Moda o mundo todo está sofrendo em consequência da pandemia do Covid-19, e em áreas como a da moda, isso reflete diretamente em tudo.

Muitos desfiles consagrados neste nicho, foram desmarcados ou até mesmo cancelados, estilistas veem a necessidade de reestruturar suas coleções ou até mesmo iniciar uma nova.

A moda é uma forma de interpretação do momento, cabe à essa área uma sensibilidade maior e uma necessidade de apresentar ao público um conteúdo que não fuja da realidade em que estamos vivenciando. Em decorrência disso, muitas marcas e grifes têm adotado a nova onda de desfiles online.

O debut da moda virtual em Shangai

O primeiro desfile de moda conhecido a adotar esse novo formato online foi o Shangai Fashion Week (SHFW), é o primeiro na semana da moda no mundo e adotou a apresentação de sua line-up de forma completamente virtual.

Em parceria com as marcas Alibaba e a plataforma Tmall, mais de 150 marcas e mil artigos foram exibidos ao público, tudo isso sendo disponibilizados para qualquer pessoa acessar através de QR Codes. Inovando ainda mais, o desfile adotou o formato “see now, buy now”, onde logo após o encerramento do desfile, as marcas disponibilizam os produtos das passarelas para todos os usuários.

Todas as roupas e acessórios vistos poderiam ser adicionados em seu carrinho de compra online imediatamente, e até mesmo o teste de peças, cores e maquiagens foi disponibilizado para que o público tivesse uma experiência mais “real”.

 Bastidores do desfiles de moda online em Shangai Fashion Week em 2020.
Bastidores do desfile de Moda da Shangai Fashion Week (Foto: Reprodução/ Google Imagens)

MBFW na Rússia transmitida pelo TikTok

Seguindo a semana de moda, a Mercedes-Benz Fashion Week (MBFW) realizada na Rússia nos dias 4 e 6 deste mês, recebeu o apoio da Fashion Found para a realização de sua line-up completamente online.

Na apresentação de suas linhas de outono/inverno de 2020/2021, o evento da MBFW teve um público de aproximadamente 830 mil telespectadores, e contou com 32 desfiles de grandes marcas e grifes. Plataformas de transmissão online como Facebook, Youtube e TikTok foram utilizadas para a transmissão do desfile e chegaram a bater a marca de 3,8 milhões de visualizações simultâneas.

Alexander Shumsky, Presidente do Conselho de Moda da Rússia, declarou em comunicado oficial : “A principal tarefa da Fashion Week é promover novas coleções, […] a versão digital tem mais uma função: apoiar as casas de moda que não cessaram suas operações […]”.

Desfile sem modelos e em 3D

Outro desfile que não só chamou a atenção no mundo na semana da moda, mas também conquistou vários internautas foi o da República Democrática do Congo, trazendo um conceito completamente inovador e genial.

A coleção Pink Label Congo da estilista Anifa Mvuemba, trouxe um desfile completamente virtual e em 3D. Utilizando da computação gráfica, as roupas e acessórios flutuavam na passarela como se estivessem em um corpo invisível, trazendo em seu desfile a história e a cultura do país africano. A coleção foi apresentada ao mundo em um desfile de 14 minutos, postado diretamente em suas redes sociais e no site oficial de sua empresa.

Na Semana da Moda a Estilista Anifa Mvuemba lança desfile
Anifa – Coleção Pink Label Congo. (Foto: Reprodução/ Anifa)

A grife criada em 2012 e que leva o mesmo nome da estilista, já era conhecida por seus projetos inovadores. Tendo a meta de abranger todos os tipos de corpos, Anifa disponibilizava peças em tamanhos plus size, antes mesmo de grandes marcas.

O que esperar da Semana da Moda 2020?

A tão famosa, primeira fila, disputada por pessoas influentes como atrizes, convidados de honra, imprensa e clientes durante toda a semana de moda, agora pode ser ocupada por qualquer pessoa que goste do assunto.

Grandes lançamentos para a próxima estação de marcas e grifes tiveram seus locais de apresentação redefinidos. A adaptação do mundo ao isolamento social mexeu com a realidade de todos, inclusive no mundo da moda, dando a oportunidade para o público que nunca teve ou sonhou em ter a chance de assistir um desfile. Com apenas um click, você tem a chance de acompanhar tudo do conforto de casa e muitas vezes de graça.

Essa nova realidade, pode trazer experiências e a idealização de novos projetos que possam misturar o mundo da moda com novas tecnologias e tornar mais acessível a todo o público, como muitas marcas tem feito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.