Supercine Nada Será Como Antes Hoje 19/09/2020

Nada Será Como Antes é uma série de televisão brasileira produzida e exibida pela Globo entre 27 de setembro e 20 de dezembro de 2016, em 12 episódios. A série sofreu uma adaptação para sua versão em filme, exclusivamente para sua exibição no Supercine.

Criada por Guel Arraes e Jorge Furtado, é escrita pelos próprios com João Falcão, tendo direção geral de Luisa Lima, direção de Isabella Teixeira, direção de fotografia de Walter Carvalho e direção artística de José Luiz Villamarim.

Conta com Débora Falabella, Murilo Benício, Daniel de Oliveira, Letícia Colin, Bruna Marquezine, Jesuíta Barbosa, Osmar Prado e Cássia Kiss nos papéis principais.

Sinopse Supercine Nada Será Como Antes

Em 1951, cansado da polarização das rádios e de olho no progresso tecnológico internacional, Saulo (Murilo Benício) e Otaviano (Daniel de Oliveira) se juntam para inaugurar a primeira emissora de televisão brasileira, a TV Guanabara. Saulo vive um romance controverso com Verônica (Débora Falabella), uma mulher julgada por todos por ser desquitada e que, apesar de amar o empresário, mantém um caso com Richard (David Wendefilm).

Já Otaviano e sua irmã Júlia (Letícia Colin), noiva de Vitor (Igor Angelkorte), se envolvem ao mesmo tempo com com a aspirante à atriz Beatriz (Bruna Marquezine), que ninguém imagina que está seduzindo os dois para se vingar do pai deles, Pompeu (Osmar Prado) e assassino de sua mãe, Odete (Cássia Kiss). Além disso, Beatriz também se envolve com Davi (Jesuíta Barbosa), que se torna obcecado por ela.

Laura (Greta Antoine) se interessa por Saulo e tenta seduzi-lo de toda forma, sem imaginar que é filha dela, fruto de um antigo caso com Carmem (Virginia Cavendish). Já o roteirista da TV Guanabara, Aristides (Bruno Garcia) vive um romance proibido com Rodolfo (Alejandro Claveaux), o maior galã da emissora, que apesar de ser gay tenta esconder o fato de todos por ser absurdo para a época.

Corujão I neste Sábado

Para quem gosta de uma boa comédia nacional, o Corujão de Hoje está imperdível, trazendo o filme,  Eu, Tu, Eles (2000).

Três anos depois de deixar sua pequena cidade brasileira para se casar, Darlene retorna com uma criança mas nenhum marido. À procura de apoio, ela encontra Osias e se casa com ele, mas logo chama a atenção de Zezinho, o primo de Ozias, e eles se casam também. Finalmente vem Ciro, o estranho e misterioso de boa aparência que se torna seu terceiro marido. Todos lhe dão filhos, criando uma família incomum, mas amorosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.